Sábado, 1 de Outubro de 2005

Vem....Vem....Vem....

44549.jpg
Vem, me cegue , vende meus olhos
Para que eu não perceba a verdade
De que me queres só por alguns segundos

Vem, não faça promessas
Nunca me fale de amor
Nem tão pouco de paixão
Deixe-me assim sonhando...
Não me diga que nunca serei sua
Diga-me apenas que me quer
Por um momento
Para seu corpo se perder junto ao meu

Vem, repita tudo e muito mais
Para que eu possa guardar esses momentos
Como a sublimação de um amor
Nobre e vagabundo

Vem, assim com seu jeito de menino

Vem não me deixes sozinha

Vem apague as chamas
Que teimam em me consumir

Vem... Vem... Vem

(Edna Vejan)* recebi ... de um AMOR de MULHER

publicado por vagueando às 12:59
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Anónimo a 3 de Outubro de 2005 às 20:48
vem, vem...não me deixes sózinha!CLARINHA
</a>
(mailto:CLARINHA-2005@sapo.pt)


De Anónimo a 1 de Outubro de 2005 às 13:43
"Vem, assim com seu jeito de menino, vem, apaga as chamas que teimam em me consumir. Vem...Vem...Vem..." Chegaste, estás aqui! Beijo!eu
</a>
(mailto:carmoroby@hotmail.com)


Comentar post