Sábado, 22 de Outubro de 2005

“Elegância”

adam.jpg
Não há caminho novo.
O que há de novo é o jeito de caminhar.

Existe uma coisa difícil de ser ensinada e que, talvez por isso, seja cada vez mais rara: a elegância do comportamento.

É um dom que vai muito além do uso correcto dos talheres e que abrange bem mais do que dizer um simples obrigado diante de uma gentileza.

É a elegância que nos acompanha da primeira hora da manhã até a hora de dormir e que se manifesta nas situações mais prosaicas, quando não há festa alguma nem fotógrafos por perto.

É uma elegância desobrigada.

É possível detectá-la nas pessoas que elogiam mais do que criticam. Nas pessoas que escutam mais do que falam. E quando falam, passam longe do mexerico, das pequenas maldades ampliadas no boca a boca.

É possível detectá-la nas pessoas que não usam um tom superior de voz ao se dirigirem aos seus interlocutores.
Nas pessoas que evitam assuntos constrangedores porque não sentem prazer em humilhar os outros.

É possível detectá-la em pessoas pontuais.

Elegante é quem demonstra interesse por assuntos que desconhece; é quem presenteia fora das datas festivas; é quem cumpre o que promete e, ao receber uma ligação, não recomenda à secretária que pergunte antes quem está falando e só depois manda dizer se está ou não.

Oferecer flores é sempre elegante.

É elegante não ficar espaçoso demais.

É elegante não mudar seu estilo apenas para se adaptar ao de outro. É muito elegante não falar de dinheiro em conversas informais. É elegante retribuir carinho e solidariedade.

Sobrenome, jóias e nariz empinado não substituem a elegância do gesto.

Não há livro que ensine alguém a ter uma visão generosa do mundo, a estar nele de uma forma não arrogante. Pode-se tentar capturar esta delicadeza natural através da observação, mas tentar imitá-la é improdutivo.

A saída é desenvolver em si mesmo a arte de conviver, que interponde de status social: é só pedir licença para o nosso lado desleixado, que acha que com amigo não tem que haver estas “frescuras". Se os amigos não merecem uma certa cordialidade, os inimigos é que não irão desfrutá-la.

Educação enferruja por falta de uso.

E detalhe, não é snobismo: é a elegância do comportamento.

“Henri de Toulouse-Lautrec” (1864-1901) pintor e litógrafo francês
publicado por vagueando às 12:02
link do post | comentar | favorito
|
38 comentários:
De Anónimo a 29 de Outubro de 2005 às 08:43
Carlos, parabéns. Lindo seu blog.
Abraços.
Paula CuryPaula Cury
(http://www.brindesulfurico.zip.net)
(mailto:olhosverdes_msp@yahoo.com.br)


De Anónimo a 28 de Outubro de 2005 às 15:12
o senhor de Toulouse-Lautrec tinha toda a razão...elegância é algo mais do que boas maneiras...elegância é algo subtil...como se fosse uma aura...muitos acham que se compra. Adorei o teu blog é um fascinio a cada dia que passa....Ana Luar
(http://aromademulher.blogs.sapo.pt/)
(mailto:luar-zita@msn.com)


De Anónimo a 27 de Outubro de 2005 às 14:24
Pensamos ser "educação" somente saber comer de garfo e faca e se portar com esmero nos lugares...a verdedeira educação esta em respeitar o outro....plenamente...
SlaveSlave
(http://www.slaveandhermaster.blogspot.com)
(mailto:pabcp@ig.com.br)


De Anónimo a 27 de Outubro de 2005 às 11:49
Habituada a não ser surpreendida pelos actos do universo masculino, eis que me deparo com um blog "quente" no aspecto e com um último "post" absolutamente delicioso. Parabéns pela escolha do texto que não conhecia, mas sobretudo pelo tema que escolheste. Inesperado, no minímo, sobretudo nos tempos que correm, em que é tudo demasiado "consumível"...Fica bem. eu33
(http://enigmasolitarios.blogs.sapo.pt)
(mailto:biquinha@sapo.pt)


De Anónimo a 26 de Outubro de 2005 às 21:26
Elegancia sim, mas com CONTA, PESO e MEDIDA. Exagerada é tolice! Gostei imenso. Um abraçãodocerebelde
(http://docerebelde.blogs.sapo.pt)
(mailto:Docerebelde59@hotmail.com)


De Anónimo a 26 de Outubro de 2005 às 14:06
Ohhh migo muito obrigada pelo teu postal... E principalmente por teres com contribuido para aumentar a minha felicidade no dia de hoje em que como eu, costumo dizer, completo mais 33anos (e mais um cadito, é só pela 9ª vez lolol) jinhos migo e mais uma vez obrigada... Perfect Woman
(http://perfectwoman.blogs.sapo.pt/)
(mailto:perfect_woman63@sapo.pt)


De Anónimo a 26 de Outubro de 2005 às 04:31
Ola. Vim aqui ver se tinhas alguma coisa de novo mas vejo que nao. Por isso desejo-te continuacao de uma boa semana. BeijinhosAK
(http://anjodourado.blogs.sapo.pt)
(mailto:angelkalee@hotmail.com)


De Anónimo a 25 de Outubro de 2005 às 21:57
de tão estupefacta que fiquei que até comi o e lolol rectifica para mim sim? Perfect Woman
</a>
(mailto:perfect_woman63@sapo.pt)


De Anónimo a 25 de Outubro de 2005 às 21:55
Bommm Carlos estou estupfacta, pois melhoraste em muito o teu blog, os meus parabéns... Está suave mas quente ao mesmo tempo, adorei. Jinhos ternosPerfect Woman
(http://perfectwoman.blogs.sapo.pt/)
(mailto:perfect_woman63@sapo.pt)


De Anónimo a 25 de Outubro de 2005 às 16:27
A educação, a elegância, sinónimos de beleza... e que elegante está o teu blog. bjelsita
(http://umaalmaescondida.blogs.sapo.pt/)
(mailto:eelsita@sapo.pt)


Comentar post