Sábado, 29 de Outubro de 2005

A noite na ilha

13600_wallpaper280.jpg
Dormi contigo toda a noite
junto ao mar, na ilha.
Eras doce e selvagem entre o prazer e o sono,
entre o fogo e a água.

Os nossos sonos uniram-se
talvez muito tarde
no alto ou no fundo,
em cima como ramos que um mesmo vento agita,
em baixo como vermelhas raízes que se tocam.

O teu sono separou-se
talvez do meu
e andava à minha procura
pelo mar escuro
como dantes,
quando ainda não existias,
quando sem te avistar
naveguei a teu lado
e os teus olhos buscavam
o que agora
– pão, vinho, amor e cólera –
te dou às mãos cheias,
porque tu és a taça
que esperava os dons da minha vida.

Dormi contigo
toda a noite enquanto
a terra escura gira
com os vivos e os mortos,
e ao acordar de repente
no meio da sombra
o meu braço cingia a tua cintura.
Nem a noite nem o sono
puderam separar-nos.

Dormi contigo
e, ao acordar, tua boca,
saída do teu sono,
trouxe-me o sabor da terra,
da água do mar, das algas,
do âmago da tua vida,
e recebi teu beijo,
molhado pela aurora,
como se me viesse
do mar que nos cerca.

Pablo Neruda *para Ti (é isso tudo)

publicado por vagueando às 19:59
link do post | comentar | favorito
|
13 comentários:
De Anónimo a 2 de Novembro de 2005 às 13:43
Ao ler estas palavras esqueci-me de mim... lembrei... o sonho... o amor... a saudade de tb assim sentir. Que bela escolha! Fica bem, eu33
(http://enigmasolitarios.blogs.sapo.pt)
(mailto:biquinha@sapo.pt)


De Anónimo a 31 de Outubro de 2005 às 07:48
simplesmente lindo este poema de Neruda eu ja conhecia mas adoro reler tudo o que é belo...Ana Luarl
(http://aromademulher.blogs.sapo.pt/)
(mailto:luar-zita@msn.com)


De Anónimo a 30 de Outubro de 2005 às 12:14
Mas que belo poema,não conhecia!Adorei mesmo, assim como adorei ter passado por aki!AbraçosO Luar
(http://www.osmanos.blogs.sapo.pt)
(mailto:karl_cc@netcabo.pt)


De Anónimo a 30 de Outubro de 2005 às 09:06
É bom estar na ilha da vida com alguem maior que o próprio mar.
O teu Blog é uma força da naturezasandra nunes
(http://contagemdecrescente.blogs.sapo.pt)
(mailto:sandrablog@sapo.pt)


De Anónimo a 30 de Outubro de 2005 às 01:39
Pablo Neruda, será sempre Pablo Neruda :DIrís
(http://segredameaoouvido.blogs.sapo.pt)
(mailto:a_iris_a@sapo.pt)


De Anónimo a 29 de Outubro de 2005 às 23:36
Simplesmente lindo. E eu tou a precisar tanto de ler coisas bonitas...lol Continuação de bom fim de semanamarecalma
(http://marecalma.blogs.sapo.pt)
(mailto:marecalma@sapo.pt)


De Anónimo a 29 de Outubro de 2005 às 23:07
Bem Boa escolha!
Pablo Neruda, faz-nos sonhar com as suas palavras! :)Anjinho
(http://anjinhoecompanhia.blogs.sapo.pt)
(mailto:anjinho@netmadeira.com)


De Anónimo a 29 de Outubro de 2005 às 22:56
O sonho presente neste envolvente poema do Pablo Neruba. Boa escolha. Beijinhos.Maria do Céu Costa
(http://www.maisquepalavras.blogs.sapo.pt)
(mailto:mariaceucosta@sapo.pt)


De Anónimo a 29 de Outubro de 2005 às 22:18
Lindo... lindo! È assim o acordar de duas almas que se amam...adorei. Um abraaaaçoPaula
(http://www.paulaluamar.blogs.sapo.pt)
(mailto:golfinhaluar@hotmail.com)


De Anónimo a 29 de Outubro de 2005 às 21:55
Gosto dos escritos de Pablo Neruda, este é um texto de sonho bem escolhido por ti,parabéns Carlos pelo teu bom gosto.gaivotadaria
(http://GaivotadaRia.blogs.sapo.pt)
(mailto:bgaivota@sapo.pt)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28



.posts recentes

. ...

. ...

. Vem comigo .................

. Leva-me contigo ............

. O Amor Maduro...............

. Nostalgia................

. Não há maior prazer para ...

. Anjo ou Demónio ? SEMPRE ...

. "amo-Te tanto" ........

. ...

.arquivos

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Março 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds