Quarta-feira, 9 de Novembro de 2005

Adormecida

sfa.bmp

Ses longs cheveux épars la couvrent tout entière
La croix de son collier repose dans sa main,-
Comme pour témoigner qu'elle a fait sa prière.
Et qu'elle va la faire en s'éveillant demain.
A. DE MUSSET

UMA NOITE, eu me lembro... Ela dormia
Numa rede encostada molemente...
Quase aberto o roupão... solto o cabelo
E o pé descalço do tapete rente.

'Stava aberta a janela. Um cheiro agreste
Exalavam as silvas da campina...
E ao longe, num pedaço do horizonte,
Via-se a noite plácida e divina.

De um jasmineiro os galhos encurvados,
Indiscretos entravam pela sala,
E de leve oscilando ao tom das auras,
Iam na face trêmulos - beijá-la.

Era um quadro celeste!...A cada afago
Mesmo em sonhos a moça estremecia...
Quando ela serenava... a flor beijava-a...
Quando ela ia beijar-lhe... a flor fugia...

Dir-se-ia que naquele doce instante
Brincavam duas cândidas crianças...
A brisa, que agitava as folhas verdes,
Fazia-lhe ondear as negras tranças!

E o ramo ora chegava ora afastava-se...
Mas quando a via despeitada a meio,
P'ra não zangá-la... sacudia alegre
Uma chuva de pétalas no seio...

Eu, fitando esta cena, repetia
Naquela noite lânguida e sentida:
'Ó flor! - tu és a virgem das campinas!
'Virgem! - tu és a flor da minha vida!...

Castro Alves (1847 - 1871)
publicado por vagueando às 07:15
link do post | comentar | favorito
|
20 comentários:
De Anónimo a 20 de Novembro de 2005 às 16:35
Adomercida me atrevia em tua cama sonhava com teu cheiro teu calor com teu amor
com teu jeito sedutor adormecia nesse sonho de fantasia em tua busca eu seguia...
amei esse poema que vc postou..todos são lindos assim como vc lindo poeta..
beijos no seu coração!!!(L)
sereia(L)sereia
</a>
(mailto:kriska_ms@hotmAIL.COM)


De Anónimo a 11 de Novembro de 2005 às 14:04
Intemporais as palavras e o charme de Castro Alves! O homem que saiba interpretar o que aqui é descrito conquista definitivamente o seu amor, simplesmente porque sabe amar. Fica bem,eu33
(http://enigmasolitarios.blogs.sapo.pt)
(mailto:biquinha@sapo.pt)


De Anónimo a 11 de Novembro de 2005 às 13:08
Belissimo poema! Amei!
Beijo grandeIsa
(http://http//singular.blogs.sapo.pt)
(mailto:singularidade@sapo.pt)


De Anónimo a 11 de Novembro de 2005 às 07:44
A poesia é como o amor..intemporal!
A sensibilidae é intemporal e cada vez mais rara!
Quando o tempo nos faz correr, como se perderia hoje tempo, ganhando poesia, a ver uma flor beijar,fazer amor, desdobrar-se, desfolhar-se, enfim, só para deleite dos teus sentidos!
Simbiose linda de dois poetas... dois ou três?
A imagem, está perfeita.fernanda
</a>
(mailto:fernandaragonez@hotmail.com)


De Anónimo a 11 de Novembro de 2005 às 03:21
Através de minha amiga Slave, conheci teu blog...curiosa naveguei esse oceano para conhecer esse Português apaixonado...encantador....amei tudo aqui...música....poemas...
E meu encanto fará com que voltarei mais vezes...

Apenas me chame...
não importa por qual nome,
me chame...
Me chame um dia,
quando seu coração estiver sentindo o frio do vazio,
me chame.

Me chame para ser seu par na dança,
me chame para escutar seu canto,
me chame para ver as estrelas,
me chame.
Me chame quando seus olhos molharem seu rosto,
quando seus ombros estiverem pesados,
quando sua mente se sentir cansada,
quando o sol da manhã não iluminar seus sonhos....
Me chame quando seu sorriso tomar conta de sua alma,
me chame.

Me chame a qualquer hora...
porque tudo que eu mais desejo,
é poder estar ao seu lado um dia,
e com um largo sorriso no rosto.

Beijos e bom fim de semana.
Cléo
Estrela
(http://www.obrilhodaestrela.weblogger.com.br)
(mailto:cleopazternuraeamor@msn.com)


De Anónimo a 10 de Novembro de 2005 às 23:59
Oi Carlos mais uma vez adorei o poema,passei para te desejar um bom fim de semana.1000 beijocas.lena
(http://blogdalena.blogs.sapo.pt)
(mailto:leninha_631@hotmail.com)


De Anónimo a 10 de Novembro de 2005 às 22:45
Não conhecia mas gostei bastante!ocean
(http://www.openroad.blogs.sapo.pt)
(mailto:ocean_cool@sapo.pt)


De Anónimo a 10 de Novembro de 2005 às 14:50
Viajei até aqui "navegando" pelos meus sonhos...Perfeita música (uma das minhas preferidas) e o poema...fantástico...Vc hj está como sempre...uma perfeita maravilha...O convite está feito...pra quando quiser...Vc manda...
Bjs,
SlaveSlave
(http://www.slaveandhermaster.blogspot.com)
(mailto:pabcp@ig.com.br)


De Anónimo a 10 de Novembro de 2005 às 08:32
Até já...Irís
(http://segredameaoouvido.blogs.sapo.pt)
(mailto:a_iris_a@sapo.pt)


De Anónimo a 9 de Novembro de 2005 às 23:31
Hum teu blog esta nice
Esta d+

Estou a ver k teu blog está sobre rodas
LooooooL

E sensual como d costume

É pena eu ñ ter muito tempo para visitar o teu blog, mal tenho tempo para actualizar o meu!!

1 abrasso d teu amigo desconhecidonls
(http://designer.blogs.sapo.pt/intro.html)
(mailto:-nls-@sapo.pt)


Comentar post